Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa
Os equipamentos da Getecha estarão em exposição no pavilhão 9 (stand A21), da feira K 2019.

Sistemas ‘à medida’ com elevado grau de automação

24/09/2019

A Getecha está consistentemente a tornar-se um integrador de soluções completas para a trituração e reprocessamento de materiais plásticos na área da produção. No centro destes sistemas amplamente automatizados estão sempre equipamentos como os moinhos trituradores construídos à medida de cada projeto e de cada cliente. Durante a K 2019, em Düsseldorf, a empresa alemã apresentará alguns desses equipamentos desenvolvidos para a granulação de desperdícios de processos como a injeção ou a insuflação.

"O design e a configuração específicos de cada projeto são, há muito tempo, a referência tecnológica do nosso departamento de engenharia e desenvolvimento. Por esta razão, na feira K deste ano, usaremos diferentes granuladores como exemplo para mostrar o quão longe chegamos com a realização de tais soluções de sistemas individualizados”, explica Burkhard Vogel, diretor geral da Getecha. No stand da empresa, os visitantes poderão ver, entre outros, duas versões do moinho triturador para sala limpa GRS 180: uma delas, personalizada com um transportador helicoidal para a alimentação de sobrantes de uma unidade de produção de garrafas de plástico, e outra, com uma tolva especial com válvula, para uso em moldagem por injeção.

Adequado para sala limpa

Com um design altamente compacto, o GRS 180 é um moinho granulador ‘beside-the-press’, ou central, que foi concebido para ser instalado em ambientes de produção, sujeitos a rigorosos requisitos de higiene e limpeza. Tem uma capacidade de granulação de até 35 kg de material por hora e, graças ao seu sistema de extração integrado e à tecnologia de vedação otimizada, quase não libera partículas (<1,0 µm). Com uma altura total de apenas 1.050 mm, o GRS 180 pode ser colocado debaixo das rampas separadoras, dos tambores separadores ou de máquinas de injeção de grande porte, permitindo assim uma economia de espaço significativa. Como padrão, possui uma tolva especial muito baixa, com válvula automática de dupla gaveta para alimentação de gitos e rebarbas, ou sobrantes, sem salpicos para o exterior. Esta função de ‘gateway’ pode ser adaptada a três tipos diferentes de ciclo através de uma chave de comutação e do controlador integrado. O GRS 180 também pode ser equipado com robôs para gitos da Getecha.

foto
Otimização do espaço: Na K 2019 em Düsseldorf, a Getecha mostrará, entre outros, o granulador de sala limpa GRS 180.

Perfeito para a tecnologia de insuflação

O RS 2404 B, que a Getecha irá apresentar no seu stand da feira K, está adaptado à utilização na tecnologia de insuflação e foi concebido para uma produção de até 160 kg/hora. Burkhard Vogel explica as mais recentes otimizações efetuadas neste moinho granulador de tolva, que surgiram graças a projetos à medida realizados para diferentes clientes: “A pedido dos utilizadores, este moinho recebeu um acionamento potente, de 7,5 KW, um rotor de tipo aberto, com 3x2 lâminas montadas desfasadas, e com tolva de entrada otimizada tangencialmente. Desta forma, está equipado para a granulação de peças volumosas insufladas como, por exemplo, garrafões de 5 litros”. Além disso, os ventiladores integrados na tremonha deste RS 2404 B provocam um fluxo de ar adicional na câmara de moagem e garantem que as cortinas de proteção se mantêm unidas impedindo a saída de salpicos.

foto
Projetado para uma produção horária de até 160 kg: O RS 2404 B - como granulador de tolva da gama média, adaptado para fábricas de insuflação.

Minho granulador em modo multitarefa

O potente moinho granulador RS 45090 ocupará uma parte significativa dos 80 metros quadrados que a Getecha terá na K. Projetado para uma produção horária de até 900 kg, este moinho conta com um isolamento acústico altamente eficaz. Devido à integração do acionamento na parte superior da estrutura, acaba por ser um equipamento relativamente compacto e requer apenas uma pequena área de ocupação. Em Düsseldorf, a Getecha vai demonstrar como é que este moinho pode ser transformado numa estação de granulação com capacidade para várias tarefas, utilizando para tal diferentes tolvas ‘bypass’. Se, por um lado, os rolos instalados na parte traseira do equipamento permitem puxar folhas inteiras para trituração, por outro, os próprios utilizadores podem alimentá-lo com peças rejeitadas através da tolva. “Além disso”, explica Burkhard Vogel, “o RS 45090 pode ser equipado com duas tolvas ‘bypass’ adicionais para alimentação de perfis, tubos e placas. Desta forma, um único RS 45090 pode substituir a carga de trabalho de três mionhos menores”.

Um pré-requisito importante para o alto desempenho deste grande moinho granulador é, além da robusta estática da máquina, um poderoso rotor de 5 lâminas e o uso de duas lâminas de estator na câmara de moagem. O RS 45090 também ganha pontos no que diz respeito à manutenção: Um mecanismo de abertura hidráulico facilita o acesso à tolva e ao apoio do crivo, e um bloqueio do rotor monitorizado eletricamente proporciona a máxima segurança durante as substituições das lâminas.

foto
Forte desempenho: O granulador 45090, de grandes dimensões, para produções de até 900 kg/h, é uma das soluções destacadas este ano no stand da Getecha na feira K 2019.

Controle de torque em vez de sistema ‘hoop’

O moinho triturador de redes de termoformagem RS 3004-E, também equipado com isolamento acústico, é outro dos destaques da Getecha na K. Esta máquina, desenvolvida para uso na extrusão de folhas e chapas para termoformagem, evidencia-se pelo sistema de dupla alimentação controlada por torque, que permite a alimentação de aparas e rebarbas de diferentes espessuras em diferentes velocidades. Um sistema mecânico de controlo de rolos flutuantes com braço oscilante sincroniza a velocidade da alimentação de aparas com a velocidade do sistema de folha, controlando a carga de tração das aparas. No entanto, como atualmente os granuladores de aparas são muitas vezes instalados diretamente ao lado do sistema de extrusão, onde a área disponível é frequentemente muito limitada, a Getecha desenvolveu um novo sistema mais compacto: Aqui, o torque máximo do acionamento de alimentação é ajustado através do conversor de frequência, permitindo maior precisão na velocidade de tração e de alimentação das aparas.

foto
Equipado com sistema de alimentação dupla controlada por torque: O granulador de alimentação RS 3004-E com isolamento acústico para uso na extrusão de folhas e chapas.

Empresas ou entidades relacionadas

Getecha GmbH
Plasequip, Lda.

www.interplast.pt

InterPLAST - Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa

Estatuto Editorial