Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa
O relatório publicado pela Universidade Estadual Metropolitana de Denver oferece dados de qualificação do Antero 840CN03 para peças de utilização final de fabrico aditivo que requerem uma elevada resistência térmica e química, assim como propriedades ESD

Material Antero da Stratasys qualificado para aplicação em peças finais do setor aeroespacial

10/05/2022

A Stratasys Ltd. divulgou os dados de qualificação de referência para o material de filamento Antero 840CN03, em associação com a Lockheed Martin e a Universidade Estadual Metropolitana de Denver. A publicação destes dados de qualificação permite que o material seja utilizado em peças aeroespaciais de fabrico aditivo, como as da nave espacial Orion, em impressoras 3D de nível de produção da Stratasys.

“Queremos apresentar um novo modelo de como o setor, os fabricantes e o mundo académico podem colaborar para reunir e publicar dados de qualificação de materiais que ajudem a acelerar a adoção do fabrico aditivo no setor aeroespacial”, afirma Foster Ferguson, diretor do segmento aeroespacial da Stratasys.

O Antero 840CN03, que foi concebido para um ótimo desempenho no espaço, é um material compósito termoplástico ESD de alto desempenho baseado em PEKK, combinado e desenvolvido especificamente para impressoras 3D da Stratasys FDM de nível de produção. Cumpre os requisitos de desempenho de ESD e de desgaseificação da NASA, para além de exceder as características da chama, fumo e toxicidade (FST) exigidas para as aplicações de aviação.

foto
Cobertura de escotilha para a nave espacial Orion da Lockheed Martin impressa em Antero 840CN03.

Durante esta primeira fase de qualificação, foi recolhido um conjunto de dados de referência através da impressão de mais de 950 amostras de teste em Antero 280CN03 em impressoras 3D Stratasys Fortus F900 instaladas na Lockheed Martin, em Littleton (Colorado) e na Stratasys Direct Manufacturing, em Belton (Texas). Foram efetuados testes às propriedades de resistência à tração das amostras, uma propriedade mecânica crucial para a conceção. Os dados recolhidos confirmaram o elevado desempenho do material Antero, bem como as suas propriedades mecânicas uniformes previamente demonstradas em estudos académicos. As futuras fases de teste serão alargadas a propriedades adicionais relevantes, o que disponibilizará aos engenheiros de conceção novos dados com os quais poderão trabalhar quando se aplicar Antero a outros tipos de peças e ambientes.

“Estamos continuamente à procura de formas de impulsionar a inovação para materiais adequados para o voo, e o fabrico aditivo é fundamental para essa tarefa”, diz Cris Robertson, diretor associado de Fabrico Avançado na Lockheed Martin Space. “Graças à nossa colaboração com a Stratasys e a MSU Denver, reunimos os dados necessários a fim de permitir o uso do Antero 840CN03 em peças de aviação, e agora podemos expandir o uso do material para além das aplicações iniciais no veículo Orion”.

A MSU Denver está a criar o modelo de fabrico do futuro em fabrico aditivo e subtrativo, que pode reduzir os custos e aumentar as capacidades de aplicação.

“Este tipo de colaborações de investigação e desenvolvimento com empresas líderes como a Stratasys e a Lockheed Martin permitem que os nossos estudantes estejam bem preparados para ajudar os seus futuros empregadores aeroespaciais a adotar a mais recente tecnologia do setor”, explica Mark Yoss, Diretor do Instituto de Ciências de Fabrico Avançado da MSU Denver. “Ao publicar estes dados de qualificação de materiais, ajudamos o setor aeroespacial a avançar, através do estabelecimento de mais normas no fabrico aditivo”.

A Stratasys e a Lockheed Martin já se associaram anteriormente para recolher e publicar dados de características de materiais. Mais recentemente, em 2018, como membros da America Makes, as empresas publicaram dados permitidos para a resina Sabic Ultem 9085 utilizada numa impressora 3D Stratasys Fortus 900mc. Ao tornar públicos os dados de qualificação de materiais de forma contínua, as empresas esperam que haja uma maior adoção do fabrico aditivo em aplicações e casos práticos aeroespaciais.

“Através da nossa colaboração com a Lockheed Martin e a MSU Denver, esperamos fornecer segurança nos nossos materiais preferidos, demonstrar a repetibilidade da impressora 3D F900 e entregar documentação de processos que suporte as especificações de qualificação para aplicações de voo”, explica Ferguson.

Graças a esta colaboração com a Universidade Estadual Metropolitana de Denver, o público tem pleno acesso online ao relatório de dados. Em futuras fases, serão realizados mais testes de materiais que proporcionem uma caracterização completa deste material.

Os equipamentos da Stratasys e da Lockheed Martin estarão presentes no Simpósio Espacial deste ano em Colorado Springs, Colorado. Também pode obter mais informações na Internet sobre os materiais e as aplicações da Stratasys para o setor aeroespacial.

Polímeros e equipamentosmoldplas de 9 a 12 nov. 2022 Batalha. Portugal. Salão de máquinas, equipamentos, matérias-primas e tecnologia para moldes e plásticos

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.interplast.pt

InterPLAST - Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa

Estatuto Editorial