Atlas Copco Rental: ar comprimido
Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa

Embalagens inteligentes para produtos farmacêuticos

Sónia Silva, Filipa Gomes, José Matos e Kevin Rodrigues, investigadores no Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes (CeNTI)

21/10/2022
Em termos globais, o tamanho do mercado das embalagens inteligentes encontrava-se, em 2021, estimado em cerca de 39 biliões de dólares, prevendo-se que atinja cerca de 63 biliões de dólares até 2030, com uma taxa de crescimento anual de 5,4% de 2022 até 2030.

As embalagens inteligentes abrem novas possibilidades e benefícios para a indústria farmacêutica, como o aumento da eficiência, aceleração da fabricação e distribuição, redução da escassez e garantia de uma maior segurança para o paciente.

A prevalência de doenças crónicas e o envelhecimento da população têm aumentado a necessidade do consumo de medicação, o que se tem revelado um importante desafio, sobretudo devido à adesão deficiente ou inadequada aos regimes prescritos, causando prejuízos sociais e económicos significativos.

Os desenvolvimentos de tecnologias integradas em embalagens farmacêuticas têm ainda um custo considerável, contudo, prevê-se que os seus benefícios superem os custos a longo prazo. O aumento da adesão e da segurança dos pacientes beneficia todo o setor da saúde, aumentando a eficiência, sustentabilidade, e o serviço disponibilizado ao paciente, contribuindo também para uma maior valorização dos fármacos.

Produção nacional

Portugal afirma-se como um dos países mais proativos na procura de tendências mundiais e com grande recetividade à inovação. Exemplo disso são as inúmeras empresas e centros tecnológicos que procuram, cada vez mais, fazer a diferença e responder às necessidades do setor da saúde e dos cuidados pessoais.

A Neutroplast é uma empresa especializada em soluções de embalagens, certificadas, para os segmentos das indústrias farmacêutica e dos cuidados pessoais. A sua missão é desenvolver e produzir embalagens farmacêuticas e dispositivos médicos com elevada qualidade, com fortes valores éticos, respeitando o meio ambiente, a segurança e o conforto de colaboradores e consumidores.

O Centro de Nanotecnologia e Materiais Técnicos, Funcionais e Inteligentes (CeNTI), é um Centro de Tecnologia e Inovação (CTI) especializado no desenvolvimento de novas tecnologias para uma ampla gama de setores industriais que procuram inovação disruptiva, através da introdução de materiais avançados, nanomateriais, digitalização de processos e/ou produtos, revalorização de recursos, entre outros, para aumentar a sua competitividade e promover/consolidar a sua posição internacionalmente. Em conjunto, estas duas entidades têm desenvolvido inúmeras soluções inovadoras na área das embalagens inteligentes.

foto
Conceito geral de ‘Conectividade’ na indústria das embalagens farmacêuticas.

SMASUS

As embalagens usadas nas áreas da saúde e segurança alimentar exigem o desenvolvimento e adoção de soluções que permitam preservar ativamente o conteúdo embalado e monitorizar o seu estado ao longo do tempo, de forma a potenciar a segurança e a confiança do consumidor na embalagem.

A Neutroplast pretende ser uma referência neste setor e criar uma força motriz para o desenvolvimento de embalagens mais inteligentes e sustentáveis quer ao nível do processo produtivo, quer ao nível da cadeia de logística (desde o transporte até ao utilizador final e posterior armazenamento). Para isso, em conjunto com o CeNTI e a Universidade Nova de Lisboa está a desenvolver a solução SMASUS que pretende aumentar o tempo de vida útil de produtos perecíveis, assim como consciencializar o utilizador final para um bom armazenamento destes produtos. Paralelamente, pretende ainda atuar ao nível da eco sustentabilidade das embalagens, recorrendo a soluções de revestimentos poliméricos mais ‘amigos do ambiente’, com base em aditivos funcionais e ligantes que não comprometam os processos de reciclagem da embalagem.

Assim, no âmbito do projeto SMASUS foi já possível demonstrar que a utilização de biopolímeros para revestimento de embalagens, permite obter uma barreira ao oxigénio e vapor de água similar à observada com as soluções convencionais de sílica gel, garantindo a maximização da vida útil dos produtos, sem prejuízo da sustentabilidade da embalagem. A solução dispõe ainda de um bioindicador que comprova, através de aparecimento de coloração vermelha, a presença de humidade no interior da embalagem, proporcionando, desta forma, informação ao consumidor final do estado do produto no interior da embalagem.

A integração de sensores impressos flexíveis para monitorizar a temperatura e a radiação ultravioleta, e de eletrónica miniaturizada, são também fatores inovadores muito consideráveis face às soluções disponibilizadas no mercado, permitindo que o utilizador possa acompanhar o estado dos seus produtos através de uma aplicação móvel, sem alterações significativas nas embalagens convencionais.

foto
Solução SMASUS.

DOSEA

A não adesão à medicação é uma problemática cada vez mais recorrente nos dias de hoje. De acordo com os dados publicados, só nos Estados Unidos, 30 % a 50 % da população adulta não cumpre a medicação prescrita. Na Europa, estima-se que a não adesão à medicação contribua para custos exacerbados, na ordem dos biliões de euros, sendo fatal para cerca de 200.000 pacientes. A não adesão à medicação pode ter várias causas, nomeadamente esquecimentos, o receio dos efeitos secundários, ou a dificuldade em compreender as instruções médicas. O cumprimento rigoroso da terapia é fulcral para que o medicamento prescrito seja eficaz. Face ao exposto, é premente o desenvolvimento de soluções inteligentes capazes de interagir com o paciente, ou com o seu cuidador, alertando a hora da toma de medicação.

A solução DOSEA permite acompanhar e monitorizar da toma da medicação, e foi desenvolvida numa parceria entre a Neutroplast, a Beyondevices e o CeNTI. Na sua essência, DOSEA é uma Smart Label que se adapta às tradicionais caixas de medicamentos, para uso em cenários da indústria hospitalar e farmacêutica, sendo os principais objetivos a monitorização da toma dos medicamentos, alertando o momento da toma e esperando um feedback confirmativo pelo paciente. Para tal, foi desenvolvido um dispositivo inteligente capaz de ser programável, com a integração de sistemas de monitorização da toma de medicação e do ambiente envolvente.

A Smart Label é dotada de uma unidade de controlo e gestão de tempo que permite realizar alarmes periódicos que, quando ativados, despoletam um alarme visual. É composta por uma interface simples e de fácil interação para receber informação proveniente do paciente, e por memórias que permitem o armazenamento dos dados recolhidos, para posterior partilha com dispositivos que sejam portadores da tecnologia NFC.

De modo a obter um valor tecnológico acrescentado, esta solução encontra-se associada a interfaces, como uma aplicação móvel e uma base de monitorização de Smart Labels. Estas interfaces estão ligadas a um servidor na internet para salvaguarda de dados e posterior consulta dos mesmos. A base de monitorização permite também recolher informações sobre o meio envolvente, monitorizando as condições de armazenamento dos medicamentos.

foto
Solução DOSEA.

aptaMED

Abordando a mesma problemática, a solução aptaMED, em desenvolvimento no âmbito do projeto mobilizador Smart-Health-4-All, é também baseada num dispositivo que poderá ser acoplado à base de qualquer embalagem de medicamento pré-existente, conferindo-lhe novas funcionalidades, auxiliando o utilizador durante a terapia medicamentosa.

Esta solução, em desenvolvimento pela parceira Neutroplast, CeNTI e 2CA-Braga, incorpora diversas funcionalidades, tais como a monitorização, em tempo real, da toma da medicação e a consulta do histórico das tomas através de uma aplicação móvel.

A aplicabilidade deste dispositivo é transversal, uma vez que pode ser utilizado em frascos para medicação sólida, em ambientes de ensaios clínicos, assistência remota a pacientes ou para uma utilização autónoma do paciente.

foto
Solução aptaMED.
Empack - Logistics & Automation 19 - 20 abril 2023

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.interplast.pt

InterPLAST - Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa

Estatuto Editorial