Atlas Copco Rental: ar comprimido
Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa
Próxima edição: 8 a 15 de outubro de 2025

176 mil profissionais visitaram a K 2022

16/11/2022

3.037 expositores e 176.000 visitantes de todos os continentes. Estes são os números que marcam a K 2022, realizada em Düsseldorf, Alemanha, de 19 a 26 de outubro. Portugal esteve representado por 35 empresas fornecedoras de moldes, matérias-primas e equipamentos para transformação de plásticos e borracha.

foto

A alegria da indústria de plásticos e da borracha em poder finalmente, após três anos, trocar ideias ‘cara-a-cara’ com profissionais de todo o mundo, caracterizou a K 2022 Düsseldorf e garantiu um excelente estado de espírito entre os 3.037 expositores. De acordo com a organização, no final do evento, a maioria dos expositores manifestou-se satisfeita com a quantidade e qualidade de contactos realizados durante o evento.

“A K cumpriu, mais uma vez, as expectativas mais elevadas. Continua a ser a feira mais internacional, completa e inovadora da indústria de plásticos e borracha”, afirmou Erhard Wienkamp, diretor geral da Messe Düsseldorf, referindo-se aos bons resultados desta edição. “A feira tem demonstrado de forma impressionante o quão valiosa é a criação de redes de contactos pessoais, encontros ocasionais e experiências físicas de marcas e produtos. Estamos muito satisfeitos por ver que a K 2022 conseguiu enviar fortes sinais como motor de inovação da indústria e que os nossos expositores fizeram negócios com um elevado número de clientes internacionais com grande poder de decisão”.

foto

176.000 visitantes profissionais de todos os continentes marcaram presença no evento setorial mais relevante, a nível global. Como é habitual, o número de visitantes internacionais superior os provenientes da Alemanha, tendo chagado este ano aos 70%.

O veredicto de Ulrich Reifenhäuser, presidente do Conselho Consultivo dos Expositores da K 2022, é também muito positivo: “Depois de poucas feiras terem sido realizadas nos últimos três anos, a K 2022 era ainda mais aguardada e conseguiu dar um novo ímpeto a todos os setores da nossa indústria. As muitas, e em parte inesperadas, negociações contratuais concretas realizadas na feira falam por si!”

foto

A atual imprevisibilidade e incerteza conjuntural tornam a situação global da indústria tensa, mas isto não diminuiu o empenho dos expositores nem o interesse dos visitantes - bem pelo contrário: “A K 2022 era o lugar ideal, especialmente agora, em tempos tempestuosos e quando a indústria do plástico está em plena transformação para uma economia circular, para moldar ativamente o curso do futuro ”, diz Ulrich Reifenhäuser.

Na feira, os visitantes do setor mostraram particular interesse nos novos desenvolvimentos tecnológicos apresentados pelos produtores de matérias-primas, fabricantes de máquinas e processadores de plásticos para a realização da economia circular, conservação de recursos e proteção climática. Ulrich Reifenhäuser salienta que “a necessidade de abordar a responsabilidade social e de pensar nos plásticos de uma forma sustentável desde o início da cadeia do processo chegou a todas as empresas. A variedade de soluções, máquinas e produtos em exposição na K 2022 para a transformação em direção à economia circular foi incrível".

foto

Visitaram a feira profissionais de 157 países. Além da Alemanha, os países europeus mais representados pelos foram os Países Baixos, Itália, Turquia, França, Bélgica, Polónia e Espanha. O alcance da K foi tão forte como habitualmente, com uma quota de 42% profissionais vindos de outros continentes. Embora os visitantes da região da Ásia Oriental, em particular, estivessem menos bem representados do que na edição anterior, devido às quarentenas ainda impostas nestes países, tanto os EUA, como o Brasil e a Índia estiveram muito bem representados.

O fabrico de maquinaria e instalações foi o principal ponto de interesse para cerca de dois terços dos visitantes inquiridos. Cinquenta e sete por cento, mais cinco por cento do que na K 2019, disseram estar interessados em matérias-primas e materiais auxiliares, sendo os reciclados e os bioplásticos particularmente populares. Para 28%, os produtos semiacabados e as peças técnicas feitas de plástico e borracha foram a principal razão para visitar a feira. 98% dos visitantes declararam ter alcançado plenamente os objetivos da sua visita.

Durante os oito dias da feira, ficou claro que a K deste ano abordou os temas certos: economia circular, proteção climática e digitalização. Em termos de intenções de investimento, a maquinaria e equipamento para processamento e reciclagem destacaram-se com 43%. O enfoque esteve particularmente na sustentabilidade, mas também na economia circular e na eficiência energética e de recursos na produção. Cerca de 40% dos decisores disseram estar preocupados com a questão da descarbonização.

foto

Os ‘K Specials’, centrados nos três temas principais, foram também muito bem recebidos. A exposição especial oficial, “Plastics Shape the Future”, centrou-se nos desafios económicos, sociais e ecológicos e nas abordagens a soluções em torno dos temas-chave da K em discussões e palestras a cargo de especialistas da indústria, e contou com uma boa participação. O Fórum de Economia Circular, no qual a VDMA e 13 das suas empresas membros ilustraram de forma impressionante o importante papel da tecnologia na implementação da economia circular na indústria do plástico, ganhou prestígio entre o público internacional com demonstrações ao vivo e muitos conhecimentos aprofundados e informação detalhada sobre o tema.

A linguagem de produção global, OPC UA, com a qual os parâmetros de processamento das máquinas e dispositivos envolvidos podem ser coordenados de forma mais precisa e específica, foi também amplamente discutida na K deste ano em Dusseldorf. A linguagem comum é vista como um pré-requisito importante para a otimização da gestão circular. 40 empresas de oito países participaram num projeto de demonstração da OPC UA na feira.

foto

No Science Campus, tanto os expositores como os visitantes da K receberam uma visão geral das atividades científicas e dos resultados do setor dos plásticos e da borracha. Numerosas universidades, institutos e organizações de financiamento ofereceram aqui a oportunidade de diálogo direto.

Numerosos alunos, estagiários e estudantes aproveitaram a oferta da Plastics Training Initiative (KAI) para se informarem sobre profissões e oportunidades de carreira na indústria do plástico.

A próxima K já tem datas marcadas: terá lugar de 8 a 15 de outubro de 2025, em Düsseldorf, Alemanha.

Fotos: Messe Düsseldorf, Constanze Tillmann.
Empack - Logistics & Automation 19 - 20 abril 2023

Subscrever gratuitamente a Newsletter semanal - Ver exemplo

Password

Marcar todos

Autorizo o envio de newsletters e informações de interempresas.net

Autorizo o envio de comunicações de terceiros via interempresas.net

Li e aceito as condições do Aviso legal e da Política de Proteção de Dados

Responsable: Interempresas Media, S.L.U. Finalidades: Assinatura da(s) nossa(s) newsletter(s). Gerenciamento de contas de usuários. Envio de e-mails relacionados a ele ou relacionados a interesses semelhantes ou associados.Conservação: durante o relacionamento com você, ou enquanto for necessário para realizar os propósitos especificados. Atribuição: Os dados podem ser transferidos para outras empresas do grupo por motivos de gestão interna. Derechos: Acceso, rectificación, oposición, supresión, portabilidad, limitación del tratatamiento y decisiones automatizadas: entre em contato com nosso DPO. Si considera que el tratamiento no se ajusta a la normativa vigente, puede presentar reclamación ante la AEPD. Mais informação: Política de Proteção de Dados

www.interplast.pt

InterPLAST - Informação profissional para a indústria de plásticos portuguesa

Estatuto Editorial